SEMANA DE ORAÇÃO

TODA 1ª SEMANA COMPLETA DE CADA MÊS

SEMPRE ÀS 19:30H

VENHA SER ABENÇOADO E TAMBÉM ABENÇOAR ÀQUELES QUE NECESSITAM!

Próxima semana de 04 a 08/11/2019

NOITE DE TALENTOS

Dia 28/09 às 19:30h

PASTORAL

No dia 31 de outubro, comemora-se aquilo que se tornou a data de aniversário da Reforma Protestante (1517). Nesse dia, um jovem monge alemão chamado Martinho Lutero (1483-1546) afixou suas 95 teses na porta da igreja do castelo de Wittenberg (Alemanha). Sua atitude era um questionamento a determinadas crenças e práticas da Igreja Católica de sua época, sobretudo contra a venda de indulgências. Muitas coisas podem ser ditas acerca desse evento que foi tão importante para a Igreja de Cristo. Mas por quê?

As 95 teses representaram um convite ao debate público. Era a versão do século XVI de um blog provocador, convidando para uma discussão na rede. A provocação foi entre o frade dominicano Johann Tetzel (1465-1519) e Philip Melanchthon (1497-1560), amigo próximo e colega de Lutero, que descreveu Tetzel como “um bajulador muito audaz”, ou seja, um chato atrevido, assim poderíamos dizer nos dias atuais.

Na ocasião, a maioria das pessoas acreditava em purgatório, um lugar de tormento para onde as pessoas iam depois da morte, a fim de purgar seus pecados antes de sua promoção para o céu. Tetzel vendia indulgências – promessas que vinham do papa no sentido de diminuir o tempo de purgatório. “Assim que a moeda cai no cofre, sobe a alma do purgatório”, esse era o refrão da propaganda. As 95 teses de Lutero protestavam contra essas indulgências e contra a preocupação exagerada da igreja em relação à riqueza. Não foi uma série de declarações especialmente radicais, certamente não para os padrões de pensamento que, mais tarde, Lutero viria a demonstrar. Mas atingiram a igreja onde ela se encontrava mais vulnerável: no bolso.

O arcebispo local fez uma queixa ao papa. Mas tal oposição tornou Lutero ainda mais resoluto. Começou a atacar a infalibilidade do papa. Lutero queimou a bula papal que o ameaçava de excomunhão. O imperador Carlos V conclamou uma conferência na cidade de Worms. Os amigos de Lutero o defenderam habilmente, mas o imperador, por fim, chamou Lutero para participar pessoalmente, com a promessa de proteção. Ali estava Lutero, com todo o sistema da igreja a postos contra ele. Lutero, então, disse: “Pela misericórdia de Deus, peço a vossa Majestade Imperial e vossos Ilustres Senhores, ou a qualquer um que tenha representatividade, que testifiquem e refutem meus erros, contradizendo-os com o Antigo e o Novo Testamentos. Estou pronto, se for melhor instruído, a me retratar de qualquer erro, e serei o primeiro a atirar meus escritos na fogueira".

E o advogado imperial respondeu em tom de reprovação: "Tua resposta não vem ao caso. Não deverá haver questionamento das coisas que os Concílios da Igreja já tenham condenado e sobre as quais as decisões já tenham sido tomadas [...] Dá-nos uma resposta clara a esta questão: Estás preparado a te retratar ou não?".

Lutero, então, respondeu: "Vossa Majestade Imperial e os Senhores Lordes exigem uma resposta simples. Aqui está ela, clara e direta. A não ser que, pelas Escrituras, eu esteja convicto do erro [...] e que minha consciência esteja cativa pela Palavra de Deus: não posso e não vou me retratar de nada, pois fazer isso contra a nossa consciência não é seguro nem é uma opção para nós. A esse respeito, tomo minha firme posição. Não posso fazer de outra forma. Ajudai-me, Deus. Amém".

Sem dúvidas, os efeitos da Reforma ainda são muito importantes para os nossos dias e impossíveis de serem todos comentados exaustivamente aqui. Mas um exemplo deles é que ela recoloca as Sagradas Escrituras de volta ao centro da Igreja de Cristo (de onde nunca deveria ter saído), conforme se depreende das palavras de Lutero em sua defesa. Outra importante contribuição é que ela desmitifica a infalibilidade humana, tornando-nos todos submissos à autoridade da inspirada Palavra de Deus, de acordo com a qual devemos pensar, agir e falar.

(Texto original disponível em http://conteudo.ministeriofiel.com.br/31-de-outubro-o-dia-da-reforma-protestante. Acesso em 26/10/2019, com adaptações.)

Abraços, Pr Albert Iglesia (IEC em Soteco)

Reforma Protestante

><
1/10

June 24, 2019

January 12, 2019

October 28, 2018

August 28, 2018

August 27, 2018

August 27, 2018

March 2, 2018

Please reload

VOCÊ CRÊ NO PODER DA ORAÇÃO?

TODA 1ª SEMANA COMPLETA DE CADA MÊS, SEMPRE ÀS 19:30H

UMA SEMANA INTEIRA PARA VOCÊ SER ABENÇOADO E TAMBÉM ABENÇOAR ÀQUELES QUE NECESSITAM!

Próxima semana de 04 a 08/11/2019

JUNTE-SE A NÓS

 

Horários dos Cultos:

Quartas: Oração às 19:30

 

Sextas: Estudo Bíblico às 19:30

 

Domingos:

09:00 Escola Dominical

18:00 Culto de Adoração

Necessitando de oração?

FALE COM O Pr. ALBERT IGLÉSIA

© 2016 por IGREJA CONGREGACIONAL DE SOTECO. Orgulhosamente criado por Multimídia IEC Soteco